sexta-feira, 25 de outubro de 2013

[REVIEW] Awkward – 3x11 – Surprise!


Awkward voltou como uma grata surpresa. Depois do lenga-lenga da primeira metade da terceira temporada, estava um pouco preocupado com os rumos que a série estava tomando. O hiatus foi importante para os roteiristas pensarem bem para onde ir, pois apesar de conseguir manter um ritmo legal, a série estava deixando a desejar na história, apresentando uma trama repetitiva e sem muito a acrescentar.


Na mid-season finale vimos Jenna mais uma vez diante de um dilema. Enquanto sua paixão por Collin a deixava a ponto de cometer uma loucura, seus sentimentos pelo Matty a mantinha com os pés no chão. Aqui não é muito diferente, o dilema continua! Estava pensando cá com meus botões e cheguei à conclusão que Awkward é uma série só sobre Jenna e seus problemas com os garotos. Sei que é uma série teen, mas há tantos outros temas e abordagens que a trama poderia apresentar que às vezes chego a questionar o porquê de continuar vendo essa série.

Contudo, as coisas parecem estar mudando. Talvez o título do episódio represente essa ironia, afinal está na hora de novas surpresas e novas emoções. O episódio em si foi muito divertido e bastante sólido. Ainda não consigo acreditar naquela cena final. O roteiro soube bem como utilizar aquele recurso e nos surpreender de uma forma bastante positiva.

E apesar do episódio ter dedicado a sua maior parte para trabalhar a tensão e as faíscas entre Jenna e Collin, e os dilemas que isso causava em relação ao Matty, a trama de segundo plano também foi bem desenvolvida, com o foco em Ming, que volta com um novo visual.

Depois de derrubar Becca e se tornar a nova líder na máfia, Ming meio que deixou toda essa situação subir um pouco a sua cabeça e estava abusado demais de seus poderes. Isso acaba assustando um pouco seu grande amor, Fred, que por um momento, pensa em fugir, mas acaba se rendendo ao amor e voltado.

Tamara estava bem melhor do que eu me lembrava. Desde que ela começou a namorar o Jack, a personagem perdeu um pouco de sua essência e seus diálogos sempre se resumiam ao namorado. Nesse episódio a coisa foi bem diferente e Tamara conseguiu bons momentos, diálogos mais afiados, com referência ao One Direction e segredos do fundo do baú.

Val e Lacey também tiveram seu mérito. A cena das duas no começo do episódio foi muito boa. Me divertir muito com Val e sua história de quando trabalhava num bar gay, e o problema de Lacey de nunca ter conseguido dar a filha uma festa surpresa. Sadie, apesar de ter aparecido pouco, também teve seu momento.

Mas voltando a Jenna e seus dilemas...

Espero que agora diante de uma nova situação e de um cliffhanger surpreendente, a série consiga sair um pouco da sua zona de conforto e consiga apresentar uma nova perspectiva. Será que agora Jenna vai poder ficar com o Collin sem ressentimentos? E o Matty? O que será que ele vai fazer? Seria ele capaz de perdoar?

Deixe suas opiniões nos comentários.

2 comentários:

  1. Otimo Review!
    Esse episodio foi otimo! Mas Matt banana, obviu que vai perdoar Jenna. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jenna não merece ser perdoada! Ela tem que sofrer!!!

      Excluir